quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Investigar é mais saudável do que abafar

Transcrição:

Buraco da fechadura
Correio da Manhã. 09 Fevereiro 2010. Por Eduardo Dâmaso, Director-adjunto

Onde estão os factos da ‘Face Oculta’ na versão ‘atentado ao Estado de Direito’? É simples: durante uma investigação judicial legítima em que Armando Vara e Paulo Penedos são suspeitos de ajudar um empresário aparecem conversas com um administrador da PT que indiciam a manipulação da empresa para comprar e controlar editorialmente a TVI; condicionar a liberdade editorial do ‘Público’; criar um condicionalismo ao Presidente da República, indiciando que Cavaco Silva será vulnerável a alegados negócios a propor a um familiar.

O negócio da PT visaria afastar José Eduardo Moniz e Manuela Moura Guedes, mas nas conversas entre o dito administrador da PT e o seu assessor jurídico são anunciadas "grandes mudanças na Comunicação Social". Não será, por si, um crime. O crime pode estar no uso e manipulação de bens públicos, abuso de poder, etc.

Mas seria mais saudável investigar do que abafar. Tal como seria politicamente melhor discutir esta ideia de move-tira-põe-mexe em jornais e televisões que atravessa as conversas dos dois jovens quadros do PS.

Mau é reduzi-las a "conversas privadas" e a sua divulgação a "jornalismo de buraco de fechadura". Isso chama-se desespero porque o que elas evidenciam são negócios de sarjeta ao serviço de uma política de sarjeta cujo escrutínio obrigatoriamente nos interpela.

NOTA: Sobre este tema, sugere-se a visita aos posts:
- Estímulos à suspeita
- Acabem com as suspeitas
- Justiça que temos
- O saque ao erário não tem limites

4 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia.
Também acredito que seja mais agradável mesmo. Agora temos de saber o que os governantes pensam.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom dia.
Saudações Florestais !

A. João Soares disse...

Cara Silvana,

Muito grato pela sua visita e pelo comentário, espero que apareça mais vezes
Abraço
João

Mentiroso disse...

Caro Amigo,
Claro que a publicação da verdade é sempre o melhor, mas não podemos esquecer de que o segredo de justiça, frequente em países não democráticos, serve precisamente para esconder a corrupção dos políticos e a incapacidade dos alarves da justiça.

Quanto à expressão de «jornalismo de buraco de fechadura» ela é bastante modesta, atendendo ao comportamento dessa canalha desinformadora que tão eficientemente proporcionou à associações de criminosos, que são os partidos nacionais, a possibilidade de ter colocado o país na miséria actual. Isso não teria sido possível sem essa preciosa ajuda. Veja-se, por exemplo, se o Crespo alguma vez tocou nesse assunto. Tal como os outros, merece que lhe escarrem no focinho. É um oportunista que aproveita a audição para as suas pequenas vinganças, mas informar, nada. Um profissional não publica publica artigos de opinião como fazem os jornaleiros portugueses, informa correcta e imparcialmente.
Acha que se as pessoas estivessem conscientes de quem lhes provocou a miséria em que vivem, lhes faz passar fome, lhes matou os familiares (sistema de saúde), lhes fez dos filhos uns inúteis e rascas, etc., o teriam eleito para presidente? Foi eleito pelos jornaleiros. Quem é que não cumpriu o dever de informar? O Crespo foi idêntico ao resto do bando.
Sobre o caso do post, não esquecer o que esses biltres da disinformação estão a esconder e a abafar a todo o custo:
http://www.google.pt/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=4&ved=0CBoQFjAD&url=http%3A%2F%2Fwww.jornalistas.eu%2Fgetfile.asp%3Ftb%3DFICHEIROS%26id%3D493&ei=CPlyS8jvAcT04gbxssHcCQ&usg=AFQjCNEBRokPE-cUQ9FsyILsufoDp_rfvw&sig2=faUjOldBCpEz3Mvek3zS2w

http://www.joaocustodio.net/2008/11/que-alguem-lhe-de-um-codigo-deontologico-rapido/

http://www.google.pt/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=1&ved=0CAkQFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.publico.clix.pt%2FSociedade%2Fconselho-deontologico-considera-reprovavel-desempenho-de-manuela-moura-guedes-no-jornal-nacional_1383911&ei=CPlyS8jvAcT04gbxssHcCQ&usg=AFQjCNH374gKS270WWDAHIOeTJRMsUUuRA&sig2=qo6lY28o5jYMIoorOLUduA

http://dn.sapo.pt/especiais/interior.aspx?content_id=1247443&especial=Manuela%20Moura%20Guedes&seccao=TV%20e%20MEDIA

http://chaparralblog.wordpress.com/2009/05/24/marinho-pinto-ataca-manuela-moura-guedes-no-jornal-nacional-da-tvi/

Há mais, mas estes já são suficientemente esclarecedores. Por isso que os imbecis os abafam.

O comportamento do Sócrates, condenável ou não, não limpa a estrumeira que cobriu uma profissão de informar que era digna, mas que se transformou inimigo público Nº1 do povo.

São eles os coautores da desgraça nacional actual; sem eles ela teria sido impossível.

Diogo disse...

Não são negócios de sarjeta ao serviço de uma política de sarjeta. São negócios de esgoto ao serviço de uma política de meda.